Susan

Sou especialista em Imagem e Comunicação Pessoal.


Estou aqui para te ajudar a descobrir seu estilo, valorizar sua aparência, ter clareza de suas intenções e usar as roupas certas para te ajudar a alcançar seus objetivos pessoais e profissionais imprimindo o melhor de você no mundo.

Quando algo aí dentro te pede transformação

My Image

Sabe quando dentro de você nasce uma vontade imensa de experimentar algo novo?

Quando em um belo dia você acorda, se olha no espelho e não se enxerga dentro daquela imagem que está refletida ali?

Parece que tudo aquilo que um dia fez sentido pra você hoje não possuem o mesmo valor?

Eu noto que um dos primeiros sinais dessa insatisfação visual é olhar para o guarda-roupa durante um longo tempo procurando o que usar e não encontrar nada que ama dentro do armário, se sentindo completamente desmotivada.

Eu sinto que existe um medo muito grande dessa mudança.

Esse medo, como a maioria dos seus medos, vem de algo que simplesmente só existe dentro da sua mente.

Muitas vezes você cai na armadilha da comparação e desiste antes mesmo de começar a tentar pois pensa que nunca conseguirá ficar parecida com as atrizes da novela das oito ou com aquela colega de trabalho bonitona que todos admiram.

Pode também ser exatamente o oposto, alguém te disse algum dia na vida que cuidar da aparência é algo totalmente fútil, você tomou isso como verdade e agora por não querer ser fútil se sabota evitando se arrumar impedindo mostrar ao mundo tudo de bom que você é e o embelezando.

Aí você olha uma roupa na vitrine ou na página de uma revista e pensa: Nossa isso é tão lindo! Adoraria usar!

Mas aquela vozinha aí dentro de você insiste em lhe dizer que não ficará bom em você, ou lhe faz pensar que as pessoas iriam fazer comentários maldosos, ou te achariam fútil ou metida demais, enfim, são infinitos os pensamentos que te freia.

Resumindo, mesmo antes de começar a avaliar verdadeiramente os prós e os contras dessa mudança, você simplesmente cala o seu desejo interior e prefere ficar no mesmo lugar sem experimentar o novo.

Eu lhe digo que não é só você que perde, perdem as pessoas que convivem com você, as pessoas que te amam e perde o mundo pois a medida que nos doamos algum tipo de investimento seja de tempo ou de dinheiro pra nos cuidar, para investir numa melhoria exterior isso nos ajuda e motiva a crescer também interiormente.

Portanto não se permita fazer isso contigo!

Você precisa enfrentar essas vozes que insistem em te fazer desacreditar de tudo o que você pode ser e conquistar.

Quero conversar com você sobre essa história de estilo pessoal hoje.

Muito se fala de estilo, de nomenclaturas de estilos universais como clássico, tradicional, elegante, etc.

Na verdade, estilo não é só o que você veste, claro que ele acaba refletindo na maneira como você decide se vestir, mas ele também lhe faz escolher o restaurante onde ir, o filme que vai assistir, o país onde passará suas férias, o bairro em que vai morar, etc.

Seu estilo é o resultado de suas experiências e vivencias ao longo da vida. Você foi vivendo e experimentando várias coisas e definindo suas preferências de roupas, cores, livros, línguas, culturas, religiões, filmes, músicas, de tudo!

Essas experiências do passado fizeram você ter o seu estilo atual, digo atual pois ele não será o mesmo até o fim da sua vida, os valores de hoje serão transformados e evoluirão. Aquilo que você acredita hoje poderá já não fazer mais sentido amanhã assim como o que você considerava muito importante no passado hoje já não importa mais.

Dentro do seu estilo está um pouquinho de cada sensação ou emoção que você experimentou e sentiu sintonia ao longo da vida, pode ter sido através de uma personagem de um filme, de uma amiga, de uma professora, de alguém com a qual se identificou e tomou como referência.

Isso tudo é você e você não passa a vida inteira sendo a mesma pessoa eu acredito que não. Você está em constante evolução e é exatamente por isso que você está aqui hoje lendo esse artigo, porque você está em busca de auto aperfeiçoamento e isso é simplesmente encantador.

Tomar consciência desse seu universo interior, das suas preferências, daquilo que te faz feliz e que faz o seu coração bater mais forte é que irá te ajudar a desenvolver seu estilo pessoal e te permitir ter coragem de dar os primeiros passos em direção de uma imagem mais coerente e alinhada com quem você é verdadeiramente e com seus anseios e isso não tem nada a ver com futilidade, isso tem a ver com cuidado.

Depois que você marcar esse encontro com você mesma e encontrar dentro de você todas essas preferências e ter clareza daquilo que realmente te inspira, aproveite pra refletir sobre seus objetivos. O que mudou até aqui?

Seus objetivos permanecem os mesmos? Provavelmente não e por isso mesmo você já não se enxerga na imagem refletida no seu espelho.

Faça uma investigação minuciosa desse seu universo intrínseco e depois se permita tirar um tempo pra observar revistas, sites de moda ou até mesmo as mulheres na rua. Comece a ver com quais universos visuais você se identifica. Faça recortes ou uma pasta com essas imagens.

Depois disso experimente trazer essas referências pro seu visual, seja cortes e cores de cabelo sejam suas próprias roupas e até mesmo para seu comportamento. Permita-se trazer para o mundo real refletido no espelho aquilo que você já é intrinsicamente.

Provavelmente você se sentirá um pouco insegura no início desse processo, como tudo na vida que nos tire da nossa zona de conforto. Mantenha-se firme! É muito importante que você atenda a esse anseio de mudança de visual quando algo dentro de você está pedindo.

Durante a jornada de construção do universo visual das minhas clientes e alunas são muitas as descobertas e transformações, porém ao final, quando definimos a nova imagem, agora mais coerente e verdadeira, a transformação fica tão evidente! Não estou me referindo aqui dos comentários e elogios das pessoas, claro que isso também ocorre constantemente mas a transformação interior é tão grande que essas mulheres passam a ter uma energia e um magnetismo surreal.

Se sentem totalmente motivadas e empodeiradas a conquistar seus antigos objetivos e os novos que acabaram surgindo durante a jornada.

É por essas experiências que vivencio com minhas clientes e alunas que venho aqui te aconselhar e encorajar a não desistir de seguir em frente com essa mudança visual que seu interior está pedindo.

Como te disse no início você poderá se sentir meio perdida sem saber por onde começar. Sua mente tentará te enganar e te dizer que você não leva jeito pra isso, que é muito difícil, que você gastará uma fortuna, que você está velha demais pra tamanha mudança ou qualquer outro absurdo.

Não se deixe sabotar!

Diga à sua mente: Obrigada por compartilhar, mas quem manda aqui sou eu.

Se for muito difícil pra você fazer isso sozinha não exite em procurar uma profissional da área pra te ajudar. Não precisa ser eu mas se decidir por mim ficarei muito feliz em fazer parte da sua transformação.

Não pense que isso é bobagem ou que você não merece esse investimento seja de tempo ou de dinheiro. Tenho certeza que investir em si mesma, sem egocentrismo e com muito amor, é uma das coisas mais importantes a se fazer nessa vida. Procure uma profissional preparada e com valores parecidos com o seu e se entregue a essa descoberta do melhor de você.

Caso você não possa no momento contratar uma consultora de imagem, experimente os workshops e os cursos presenciais ou online em grupo (eu tenho um maravilhoso!) eles te entregam além de conteúdo uma experiência de troca apaixonante.

A única coisa que você não pode fazer é permanecer no mesmo lugar, isso já seria andar pra trás, deixe sua imagem acompanhar e até te ajudar na sua evolução.

Não deixe que passe mais um ano da sua vida tendo uma imagem pessoal que não condiz com tudo isso que você é!

Você nasceu para brilhar!

Eu te deixo aqui o meu presente pra te ajudar a iniciar esse seu projeto junto com esse ano novinho que se aproxima.

Não perca mais tempo!

 

Beijos

 

 

 

 

 

 

 

Categorias​

Artigos recentes

Mídias