Susan

Sou especialista em Imagem e Comunicação Pessoal.


Estou aqui para te ajudar a descobrir seu estilo, valorizar sua aparência, ter clareza de suas intenções e usar as roupas certas para te ajudar a alcançar seus objetivos pessoais e profissionais imprimindo o melhor de você no mundo.

Aprendendo a comprar com qualidade

Susan

My Image

Você gostaria de ter um guarda-roupa dos sonhos, repleto daquilo que você ama e que te faz se sentir confiante e que você não precise gastar uma fortuna a cada ano para renová-lo?

Existem muitas maneiras de avaliar se uma compra foi boa ou não.

Avaliamos a necessidade da peça, se ela combina com outras dentro do armário, se realmente está dentro do seu estilo pessoal, se te valoriza, etc.

Eu gosto muito de avaliar a qualidade da peça.

Não adianta você montar um guarda-roupa lindo e a sua cara se seis meses depois você não tiver mais nada daquilo que procurou com tanto carinho e afinco!

Pense bem...

Por mais que você seja a pessoa que mais se transforma na vida, eu não acredito que você possa ser tão camaleão a ponto de mudar de estilo a cada seis meses e olha, pela minha experiência, se isso estiver ocorrendo com você provavelmente você precisa passar por uma jornada de autoconhecimento e descoberta urgentemente para poder se definir e não se sentir tão perdida dentro de si mesma!

Quando eu ensino a montar um guarda-roupa ideal eu levo minhas clientes e alunas a se redescobriram, descobrirem suas preferências, afinarem seu estilo, desintoxicarem o armário retirando dele tudo o que não tem nada a ver com elas, criarem uma lista dos itens dos quais sentem falta e montarem lindos looks. É tudo incrivelmente libertador e motivador.

Imagine você passando por uma jornada incrível dessas e depois do guarda-roupa dos sonhos pronto você só conseguir aproveitá-lo por alguns meses!

Isso pode sim acontecer.

Por isso é preciso pensar bem antes de decidir por uma peça. Além de todos os itens que enumerei acima você precisará avaliar também a qualidade da peça não só pra que seu guarda-roupa dure, mas também pra que você não precise investir novamente nas mesmas peças.

Para se tornar uma especialista em encontrar boas peças vou te ensinar reconhecer uma peça de qualidade independente da marca ou preço.

Isso mesmo!

Não é tão comum mas existem peças mais baratas com qualidade superior a peças de marcas caras no mercado. Te garanto!

Existem também peças de péssima qualidade escondidas atrás de uma etiqueta de renome.

O melhor jeito de escolher é aprendendo você mesma a comprar.

Diferenciar uma roupa bem-feita de uma que é apenas bonita é essencial.

Quando pensamos em qualidade queremos que as roupas durem mais do que algumas estações, queremos que sejam resistentes pra que não nos deixem na mão, queremos poder lavá-las com a confiança de que permanecerão do mesmo jeito que antes, ou seja, sem bolinhas e com a mesma cor que tinham antes. Queremos que sejam tecidos gostosos de usar e não algo que nos sintamos embaladas por um plástico, principalmente aqui no Brasil onde é mais quente queremos deixar nossa pele ser tocada por algo mais suave e que deixe nossa pele respirar!

Também queremos costuras bem-feitas, forros, e aparência de qualidade.

Você precisa pensar como uma profissional da área. Quando eu sou contratada para fazer um personal shopping eu não deixo a emoção e nem as vendedoras escolherem por mim.

Eu simplesmente estudo as reais necessidades da minha cliente e suas preferências e saio à procura daquilo que dentro disso irá também valorizá-la esteticamente e que preenchem os requisitos de boa qualidade e preço.

É assim que você também precisa fazer!

Na hora das compras você primeiramente deverá pesquisar. Peça a vendedora que separe por apenas algumas horas pra você aquela peça se você realmente considera uma potencial aquisição e saia à procura de outras opções. Não se deixe influenciar por por gatilhos de escassez como por exemplo: “Leve logo! Essa é a última peça no seu tamanho”!

Melhor perder uma boa peça do que conviver com a culpa do erro de ter feito um péssimo negócio todas as vezes em que você abrir o guarda-roupa e ver a tal peça.

Não se sinta constrangida em dizer não! Isso só não é natural aqui no Brasil. Não deixe que te vendam! Você tem que comprar por si mesma!

Depois de rodar as lojas e de experimentar o caimento e verificar a qualidade das peças então sente em um café e faça a seguinte continha:

Valor da peça dividido pelo número de vezes que você pretende usá-la (e que le irá durar lógico) esse resultado será o valor que você estará pagando pela peça a cada uso.

Vou dar um exemplo pra explanar melhor pra você:

Tem uma jaqueta de couro que preciso muito. Já sei que ela é do meu estilo, que combina com várias peças no meu guarda-roupa, que realmente preciso dela já que eu moro em uma cidade que faz bastante frio no inverno e onde as noites são frias o ano todo, experimentei duas e as duas ficaram boas. Uma é de couro legítimo e a outra de couro “ecológico”.

Segundo a vendedora, a de couro ecológico dura muito mas sentada no café enquanto avalio as compras, faço uma busca no google sobre relatos de durabilidade de peças em couro ecológico e me deparo com muitos depoimentos negativos dizendo que as peças descascaram em pouco tempo, que mesmo tendo sido compradas em boas lojas as peças não duraram, etc.

Eu estou com o orçamento apertado e seria melhor pra mim se pudesse optar pela jaqueta de couro “ecológico” então resolvo fazer o cálculo acima. Pego o valor da jaqueta R$300,00 divido pelo número de vezes em que vou usá-la de acordo com a durabilidade dela (aqui segundo os relatos 6 meses) ou seja vou usá-la 3 vezes na semana em 6 meses serão 72 vezes de uso:

R$300,00/72 (USOS) = 4,166666 POR USO

Então eu estarei pagando 4,16 por ela a cada uso

Ok, por outro lado mesmo sem muita motivação, procuro fazer o mesmo cálculo sobre o valor da jaqueta de couro natural. Ela custa 2.000.00 e segundo os depoimentos que encontrei no nosso amigo google elas costumam durar a vida toda, mas permanecem bonitas mesmo pelo menos por 15 anos.

Sabendo que pretendo usá-la 3 vezes por semana como a anterior, se ela durar 15 anos mesmo... Sabendo que um ano possue 52 semanas (15 anos 780 semanas) 780 x 3 (usos por semana) se tudo der certo eu a usarei 2340.000 vezez! Quanto sairá o uso?

R$2.000,00 / 2.340.000(USOS) = 0,85 POR USO!

Você consegue compreender o valor real de uma peça?

 

Aqui usamos pesquisa de depoimentos quanto a durabilidade.

Ainda pra saber avaliar a qualidade de uma peça não priorize a aparências passe a avaliar a costura, a composição do tecido, o acabamento.

Quer saber mais sobre isso?

Faça esse meu minicurso gratuito e aprenda mais sobre tecidos, costuras, alfaiataria, forro, detalhes, caimentos e muito mais!

Cadastre-se e receba no seu email um livro que irá te ajudar muito a fazer melhores compras avaliando melhor a qualidade das peças.

Não perca tempo! Basta clicar aqui

 

 

 

 

Categorias​

Artigos recentes

Mídias